Arquivo da tag: lixo

Esse Lixo Todo

Lixo reciclável, rejeito e orgânico. Em casa temos, além de outras, essas três lixeiras. Separo o lixo todos os dias e não faço mais que obrigação, porque fui eu quem gerei. Ouvi dizer no prédio que o segundo passo é que querem desmembrar a separação do lixo reciclável doméstico em outros “sub-lixos” – vidro, papel, alumínio, plástico – como fazem em empresas e lugares de grande circulação.

Minha cozinha e lavanderia são juntas, porque moro num apertamento. Mal cabem essas. Prevejo a necessidade de outras três, no mínimo. Onde vai parar essa diluição de responsabilidades? A quantidade delas só aumenta, mas ao mesmo tempo, se diluem. No meio do sistema já não sabemos quem deve fazer o quê. Mas essa diluição não acontece pro cidadão, pra ele, a responsabilidade só se concentra.

Lixeiras do Séx. XXI

Eu sou responsável pelo que consumo e faço parte desse modelo, mas a menos que possa levar uma vida autônoma, em que produza tudo que eu preciso, como antigamente, sem necessitar de milhões de embalagens (e olha que eu não costumo comprar produtos que abusem de embalagens; quem me conhece sabe), infelizmente muitas “ruindades” do mundo de consumo vão continuar acontecendo, por obra de cada um que está nessa cadeia. E a menos que essa vida autônoma implique, inclusive, dar destinação final pro meu lixo, várias pessoas vão continuar sendo empregadas em diversos setores e etapas para que o que eu não puder fazer seja feito por alguém.

Até o dia em que eu, finalmente, viva em um lugar onde 10 lixeiras diferentes não ocupem o espaço da minha lavanderia toda (em que só cabe uma pessoa entre o tanque/máquina e o balcão – que fica a 50cm do lado oposto), infelizmente não vou poder colaborar. E assim como continuo me negando a lavar o lixo reciclável com a água potável escassa que eu consumo (e que não chega pra todo mundo), para “evitar baratas, mau cheiro e facilitar a reciclagem lá na frente”, me nego a fazer da sala da minha casa uma exposição de tambores coloridos. Terei o maior prazer de expô-los no futuro, hoje não. E continuarei necessitando que alguém seja contratado pela cooperativa para separar o lixo reciclado que eu já “pré-separei” na minha casa.

Deixe um comentário

Arquivado em Opinião