Arquivo da tag: bolos

Bolo de Maçã com Nozes e Passas

Temas light para essa época do ano: receitas! (ok, talvez não seja tão leve assim, rs).

Tivemos um excelente Natal aqui em casa, com amigos na ceia e família no almoço (visita rápida para a vovó e o vovô lá em Champs Mouris, ou Campo Mourão). Nossa ceia foi preparada a  quatro mãos: fiz os acompanhamentos e a sobremesa, e o maridão ficou por conta do assado (ainda passo a receita do Chester, que ele fez marinado em vinho branco e ervas).

Compartilho hoje um bolo do qual já falo há algum tempo no blog: o Bolo de Maçã com Nozes e Passas.

Não achei nada mais saboroso, fácil e apropriado para o Natal! Perfeito!

A receita é facílima e já a usei como base para outros sabores, como o bolo de morangos e uvas que já postei. Já fiz tantas vezes que tenho um monte de anotações mentais sobre pequenas adaptações pessoais em busca do sabor da nossa casa! Por isso, dessa vez me senti no direito de postá-la, com os devidos créditos ao Banco & Balcão, porque ela é divina e um coringa que precisa estar na cozinha de todo mundo!

Vamos lá!

Antes de mais nada, separe os ingredientes e deixe o forno aquecendo à 200ºC (seu forno é como o meu, sem essa marcação de temperatura? Coloco entre as de 220º e 180º).

Reserve 3 maçãs grandes descascadas e picadas em cubos (uso a maçã gala), de 3/4 a 1 xícara de chá de nozes picadas grosseiramente (uso as chilenas) e de 3/4 a 1 xícara de chá de uvas-passas escuras.

Faço tudo à mão. Em uma vasilha, misture bem 2 ovos grandes (ou 3, se forem pequenos) com 2 xícaras de chá de açúcar cristal (na xícara que eu uso, cabem 10 colheres de sopa de trigo).

Acrescente 2/3 de xícara de chá de óleo (uso o de girassol ou o de milho), 1 colher de chá de essência de baunilha, 1 colher de chá de canela em pó e 1 colher de chá de bicarbonato de sódio e misture novamente.

Aos poucos, coloque 2 xícaras de chá de farinha de trigo e vá mexendo até incorporar. A massa é pesada e pode dar a impressão de que precisa de um pouco de líquido. Vai por mim, não vai precisar.

Acrescente 2 colheres de chá de fermento em pó (a receita original pede 3) e misture delicadamente.

Quando estiver uniforme, coloque as maçãs, as passas e as nozes, aos poucos, e mexa. Eu coloco um punhado de farinha de trigo nas passas antes de acrescentá-las para que não desçam pro fundo. Era algo que sempre acontecia, não sei o motivo, e a dica veio de uma tia. Deu certo. A maçã solta suco e a massa vai ficando úmida. Não é uma massa líquida, mas ela fica molhada.

Despeje em uma forma untada e enfarinhada (a receita original sugere aquelas de pudim, com furo no meio.. como a minha é muito pequena, uso uma redonda média, de aro removível ou uma retangular pequena) e asse de 40 a 50 minutos a 180º (o que equivale ao forno baixo aqui em casa), ou até que o palito saia seco. Não abra antes de uns 40 minutos.

Depois que desenformar, siga a dica original e faça uma cobertura rápida: misture de 1 a 1 + 1/2 xícara de chá de açúcar de confeiteiro (vai depender da quantidade de limão e superfície a cobrir) com 4 colheres de suco de limão (ou o suco de 1 limão siciliano) até virar um creminho pastoso e despeje grosseiramente sobre o bolo. Não melinem (Melinar = mudar ingredientes das receitas e se perguntar por que não deu certo), não batam o açúcar cristal no liquidificador nem usem o refinado no lugar.. não dão ponto nem sabor.

Agora é só deixar esfriar e se deliciar. Se não resistir, experimente quente com uma bola de sorvete de creme. Você, que não tem intolerância à lactose, precisa aproveitar mais a vida!!!

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Recipes

Bolo de Uvas e Morangos

Mél Déls! O pessoal do twitter sabe que eu sou surtada pelo bolo de maçã com nozes e passas que tem no Banco & Balcão. Mas o bolo do meu coração é uma cuque de uva que eu comia quando morava no pensionato em Ponta Grossa (nos 2-3 meses que morei lá para estudar, minha alegria era a tia que fazia cuques e bolos todos os dias para o café da manhã. Inexplicável. Um dia eu acho essa receita).

Desde então tenho procurado o bendito bolo de uva perfeito. Ainda não encontrei. As receitas que encontro ou não parecem cuque ou são muito trabalhosas para o meu gosto (e aí minha habilidade culinária não alcança) e a dela parecia ser muito fácil, porque ela fazia numa rapidez, todo dia.. mas não passava a receita =(. Pra variar, acordei com vontade de comer bolo e queria unir os meus dois preferidos. Hoje, depois de fazer uma mousse de chocolate amargo fake (à base de abacate, pra eliminar a necessidade dos laticínios) que não atenderia a essa necessidade, decidi tentar adaptar a base do bolo de maçã viciante para as uvas.

É bonito, não é? E cheiroso, e gostoso...

Ficou um bolo fofo, doce na medida certa, uvas derretendo e aquele doce-azedinho que eu amo. O morango se perdeu hahahaha.. mas enfim, pro meu padrão de habilidades tá 10! Se quiserem tentar e adaptar até encontrarem a receita ideal, fiquem à vontade! Mas dividam comigo a receita, por favor.

Mão na massa?

Pré-aqueça o forno a 180° (mínimo do daqui de casa). Em uma tigela, coloque

– 2 ovos grandes

– 1 + 2/3 xícaras de chá de açúcar cristal

– 1/2 xícara de chá de óleo (ontem, minha nutricionista sugeriu usar essa medida em bolos quando a receita pedisse até 1 xícara e deu certo)

e bata à mão até virar um creme claro. Junte

– 1 colher de chá de extrato de baunilha

– 1 colher de chá de canela em pó

– 1 colher de café de bicarbonato de sódio (gente, não é bicaboRnato, tá, rs, prestenção)

e misture. Acrescente aos poucos 

– 2 + 2/3 xícara de chá de farinha de trigo

e vá mexendo até ficar uma massa homogênea (não se espantem, ela parece pesada mesmo). Coloque 

– 2 colheres de chá de fermento em pó

e misture delicadamente. Acrescente 

– aproximadamente 3 xícaras de chá de uvas picadas sem sementes (usei a itália, partidas em 4, com unas 10 morangos grandes picados)

e misture delicadamente para não soltar todo o suco ou amassá-las. Leve ao forno e asse na mesma temperatura até dourar e o palito sair limpo. Meu forno não é dos melhores, demorou 50 min.

Tenho um ligeiro arrependimento por não ter usado nozes na massa, como no bolo que me inspirei. Pensei assim: se eu usar, vou ficar sem caso me dê outro surto de bolo de maçã com nozes no meio da semana – e eu não gosto muito de ir no mercado para comprar uma coisa só. Mas devia ter colocado. #ficadica.

4 Comentários

Arquivado em Recipes